Arquivo

Archive for the ‘Seguros’ Category

Programa Seguro – Luiz Morales

Sócio da Lar Corretora de Seguros e Presidente da Associação União dos Corretores de Seguros, Luiz Morales, participou do Programa Seguro e foi entrevistado por Boris Ber. O programa irá ao ar no dia 07/04/2013 às 20h.

Programa Seguro - Luiz Morales

Programa Seguro - Luiz Morales

Programa Seguro - Luiz Morales

Programa Seguro - Luiz Morales

Programa Seguro - Luiz Morales

Programa Seguro - Luiz Morales

Plano de Saúde

Plano de Saúde

 

 

Imprevistos acontecem e por essa razão a melhor forma de estar preparado é tendo a garantia de um bom atendimento!

A Lar Corretora é a opção certa na hora de contratar um plano de saúde, pois buscamos atender as reais necessidades dos nossos clientes quanto a rede referenciada e custo x benefício.

Somos reconhecidos no mercado segurador pela qualidade na prestação de serviços, que combina a aplicação de modernas técnicas operacionais com a individualidade e o perfil característico de cada cliente, garantindo assim um atendimento exclusivo e diferenciado.

Plano de Saude

LAR CORRETORA DE SEGUROS

Tel: (11) 3277-8203

E-mail: seguroslar@seguroslar.com.br

www.larcorretoradeseguros.com.br

Arrastão leva tudo menos o seguro

Bares e Restaurantes

Conforme dados da Polícia desde o início de 2012 até junho, 29 restaurantes, bares e padarias na capital foram assaltados dentro da onda de arrastões. Proprietários de bares e restaurantes começam a se preocupar com a assustadora onda de arrastões e procuram retaguarda.

A estratégia é sempre a mesma. Os bandidos surpreendem frequentadores, funcionários e donos de bares e restaurantes e levam todos os objetos que têm à mão – bolsas, carteiras, joias, dinheiro, cartões, relógios e celulares.

É com esse tipo de crime denominado arrastão que os frequentadores de bares e restaurantes da cidade de São Paulo, reconhecida como um polo cultural e gastronômico, têm convivido. Conforme dados da Polícia, desde o início de 2012 até junho, 29 restaurantes, bares e padarias a capital foram assaltadas dentro da onda de arrastões.

Enquanto a sensação de insegurança aumenta entre os paulistanos, que se reúnem para criar alternativas como a criação de vigilância antiarrastão em alguns bairros, o mercado de seguros trabalha no desenvolvimento de coberturas para atenuar as perdas dos proprietários dos estabelecimentos que, em alguns casos, podem ser extensivos aos frequentadores, ou ainda tê-los como público-alvo, já que são o maior foco dos arrastões.

“Como os roubos e assaltos a restaurantes têm sido muito divulgados neste processo de arrastão, em que os meliantes entram no estabelecimento, rendem os clientes e roubam, não só o estabelecimento como também os clientes, a procura pelo seguro tem aumentado”, observa Marcelo Santana, gerente de Ramos Elementares da Porto Seguro, que disponibilizou uma cobertura para arrastões dentro do seu seguro empresarial para bares e restaurantes em 2011.

Em todo o Brasil, a Porto Seguro possui 7 mil bares e restaurantes na carteira de clientes e, até junho, a procura pelo seguro havia aumentado 9%.

No seguro da Porto as coberturas estão divididas em básica, com as coberturas obrigatórias de incêndio, explosão e queda de raio; e as acessórias. Nestas, o cliente tem a opção de contratar danos elétricos, vendaval – inclusive pode estipular a verba que ele estima ser necessária, caso ocorra um vendaval – e a cobertura para arrastão, subdividida em subtração de bens e de valores.

De acordo com Santana, na subtração de bens o segurado determina o valor que pretende contratar para, se eventualmente ocorrer um assalto ou furto qualificado com arrombamento, uma parte desse valor ser destinado a clientes. “Quando o estabelecimento é assaltado, a apólice dá cobertura aos clientes. Trata-se da parte de bens que é o que o cliente tem na mão – carteira, celular e óculos; no caso de mulheres, o conteúdo das bolsas. Já na cobertura de subtração de valores, garante-se o dinheiro”.

Na Yasuda Seguros não foi detectada uma variação significativa na procura por seguros empresariais para bares e restaurantes, em virtude dos arrastões. Nestes casos, a seguradora também oferece cobertura para os bens do restaurante.

Inclusive, conforme Nivaldo dos santos, gestor da Unidade de Mutiseguros Compreensivos da Yasuda Seguros, o risco de roubo de bens e valores é o principal para o segmento. “Cerca de 7 % dos restaurantes segurados em nossa carteira tiveram ocorrência de roubo e furto. Porém, vale ressaltar outros riscos como danos elétricos (danos às instalações elétricas ou a aparelhos decorrentes de variação de tensão, queda de raio, etc.), e incêndio nas dependências da cozinha, principalmente onde há coifa devido ao acúmulo de gordura e roubo de veículos em estacionamento do restaurante”, esclarece.

De acordo com Santos, o seguro é barato, quando levado em consideração o custo e o benefício. Em uma rápida simulação, ele exemplifica que um seguro anual com cobertura de incêndio de R$ 500 mil; roubo de bens de R$ 5 mil; roubo de valores R$ 5 mil; RC Operações R$ 20 mil; RC para veículos de clientes R$ 20 mil e mercadorias em câmaras frigoríficas R$ 5 mil, custa R$ 2 mil.

“Oferecemos uma cobertura para veículos de clientes enquanto no estacionamento dos restaurantes, cobertura por danos causados a clientes pelo fornecimento de comida ou bebida, danos a mercadorias que estejam em câmaras frigoríficas, caso as mesmas deixem de funcionar por quebra ou falta de energia, além das coberturas tradicionais de incêndio, roubo de bens, roubo de valores, inclusive fora do local, como, por exemplo, durante o percurso até o banco”, descreve o executivo da seguradora, que possui 2 mil apólices emitidas neste segmento.

Fonte: Revista Cobertura – Ano XXI – nº 132 – Novembro/2012

Seguro ArrastãoLAR CORRETORA DE SEGUROS

Tel: (11) 3277-8203

E-mail: seguroslar@seguroslar.com.br

www.larcorretoradeseguros.com.br

Categorias:Seguros

O que devo saber para contratar um Seguro de Vida?

 

Adesão ao Seguro de Vida cresce no país

O crescimento da renda do brasileiro é apontado como um dos fatores que impulsionam o aumento dos seguros de vida no país. Segundo dados da Susep, o seguro de vida cresceu 13,2% em agosto deste ano, em comparação com igual período de 2011. A adesão a esse tipo de seguro evolui, também, na medida em que se percebe a importância do planejamento de renda familiar. “O seguro de vida dispõe recursos para que o segurado restabeleça sua vida financeira em caso de invalidez. Ele também garante a seus dependentes proteção econômica na ocorrência de uma fatalidade”, justifica o diretor de Vida, Atuária e Precificação da Allianz Seguros, Olivio Luccas Filho.

Com a entrada em um segmento que até então não despertava muito o interesse deste público, o diretor recomenda que o consumidor avalie a renda e a dependência que a família tem da pessoa que será segurada para, então, definir o produto mais adequado para contratação. Segundo ele, o indicado é que o valor da indenização seja de, pelo menos, 36 a 48 vezes o salário do segurado, o que dará tranquilidade para a família.

Além disso, os benefícios são diferentes de uma seguradora para outra. “A cobertura de falecimento é básica em qualquer plano. Na Allianz, por exemplo, também há indenização por acidente e invalidez, além de ser a única empresa que possibilita a extensão da assistência funeral a familiares próximos como conjugue, filhos, pais e sogros”, afirma Olivio.

Normalmente, as empresas oferecem seguro de vida a seus funcionários, como um benefício. Mesmo já contando com um seguro de vida empresarial, é recomendada a contratação de uma apólice de vida individual, ou seja, independente da empresa onde se trabalha. Assim, em caso de desligamento profissional, a pessoa continuará coberta por um seguro de vida.

Em caso de dúvida, a Lar Corretora de Seguros poderá lhe ajudar. Você poderá fazer a opção do seguro de vida de acordo com as suas necessidades, levando em conta a relação do preço que está disposto a desembolsar mensalmente e capital segurado.

 

 

LAR CORRETORA DE SEGUROS

Tel: (11) 3277-8203

E-mail: seguroslar@seguroslar.com.br

www.larcorretoradeseguros.com.br 

Categorias:Seguros

Arrastão – Bares e Restaurantes

Uma forma de violência que tem provocado medo, em São Paulo, são os arrastões em bares e restaurantes.

Comerciantes e clientes tentam encontrar diversas maneiras para se proteger deste tipo de ataque, que costuma durar pouco menos de cinco minutos e que já aconteceu a aproximadamente sessenta estabelecimentos na capital.

Comerciantes têm instalado botões de pânico, alarmes, câmeras e contratado os serviços de segurança privada, para deter as quadrilhas.  Além disso, reivindicam um patrulhamento mais ostensivo, principalmente no período da noite em regiões como Vila Madalena e Moema que estão repletas de estabelecimentos desta categoria.

Até o momento, nenhum destes ataques terminou em tragédia, mas os estabelecimentos já sentem os efeitos de pânico que se espalha entre os clientes da noite paulistana. Segundo a Federação dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de São Paulo (Fhoresp), a queda de movimento é de 20%. “Assaltos a estabelecimentos comerciais sempre existiram, isso é verdade”, explica Antônio Henriques Branco, vice-presidente da Fhoresp. “Mas essa sensação de estamos vivendo um surto de ataques é muito ruim para os negócios.”

Os clientes também têm adotado medidas de segurança, para não perder objetos de valor visado pelos ladrões, evitando levar consigo celulares ou relógios. Outros adotaram uma forma criativa, saindo de casa com o kit arrastão, composto por R$ 50,00, um cartão de crédito e o RG.

As seguradoras passaram a oferecer uma cobertura junto ao Seguro Empresarial para os estabelecimentos desta categoria, conhecida formalmente como subtração de bens e valores em furtos e roubos.

As apólices garantem os prejuízos causados não somente aos segurados, mas também a terceiros, ou seja, esta cobertura também garante automaticamente os bens dos clientes que estavam no estabelecimento comercial e a proteção por arrastão é oferecida em todo o Brasil!

Por: Aline Boffa

Fonte: Informativo “O Segurado”  –  Setembro de 2012

LAR CORRETORA DE SEGUROS

Tel: (11) 3277-8203

E-mail: seguroslar@seguroslar.com.br

www.larcorretoradeseguros.com.br 

Categorias:Seguros

Tabela FIPE

Disponibilizamos em nosso blog, a tabela FIPE, que está publicada no site QUATRO RODAS.

A tabela de preços do site QUATRO RODAS é um serviço oferecido em parceria com a FIPE, Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, criada em 1973 para apoiar o Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo.

São disponibilizados os valores de automóveis, motocicletas e caminhões, zero-quilômetro e usados a partir de 1985. Os valores apresentados são atualizados mensalmente. É considerado um modelo zero-quilômetro o veículo que será adquirido diretamente nas concessionárias. O valor exibido para o ano corrente reflete a sua desvalorização após a retirada da loja.

Para consultar, selecione a opção abaixo:

Fonte:http://quatrorodas.abril.com.br/tabela-fipe/

LAR CORRETORA DE SEGUROS

Tel: (11) 3277-8203

E-mail: seguroslar@seguroslar.com.br

www.seguroslar.com.br

Decisão do STJ – Plano Coletivo de Saúde

STJ garante a aposentado o direito de continuar como beneficiário em plano coletivo de saúde.

A Quarta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) garantiu a um aposentado e seus dependentes o direito de continuar como beneficiários de plano de saúde coletivo operado pela Intermédici Serviços Médicos, isentos de carência, nas mesmas condições de cobertura assistencial e de preço per capita do contrato. O aposentado deverá assumir o pagamento integral da contribuição.

Segundo o relator do processo, ministro Raul Araújo, a jurisprudência do STJ vem assegurando que sejam mantidas as mesmas condições anteriores do contrato de plano de saúde ao aposentado (Lei 9.656/98, artigo 31) e ao empregado desligado por rescisão ou exoneração do contrato de trabalho (Lei 9.656/98, artigo 30).

“Assim, ao aposentado e a seus dependentes deve ser assegurada a manutenção no plano de saúde coletivo, nas mesmas condições que gozavam quando da vigência do contrato de trabalho, desde que o aposentado assuma o pagamento integral da contribuição”, afirmou o ministro.

No caso, o aposentado ajuizou a ação para que fosse mantido, juntamente com sua esposa e filha, como beneficiário de plano de saúde coletivo mantido pela Intermédici, na modalidade standard, isentos de prazo de carência, nas mesmas condições de que gozavam quando da vigência do contrato de trabalho por tempo indeterminado, comprometendo-se, ainda, a assumir o pagamento integral das mensalidades.

A operadora do plano, por sua vez, sustentava que, a partir de maio de 1999, a manutenção do aposentado e seus beneficiários no plano de saúde somente seria possível na modalidade individual, de maior custo mensal, e não mais na coletiva.

A decisão da Quarta Turma foi unânime.

Fonte: http://www.stj.jus.br

LAR CORRETORA DE SEGUROS

Tel: (11) 3277-8203

E-mail: seguroslar@seguroslar.com.br

www.seguroslar.com.br

Categorias:Seguros